Telefone Oncovida (83)2107.2222 / 2107.2226

27 de novembro é o Dia Nacional de Combate ao Câncer - Vamos prevenir?!

27 de novembro é o Dia Nacional de Combate ao Câncer - Vamos prevenir?!


Uma doença muito temida, se não a mais temida. Dados recentes da OMS revelam que o número de mortes por câncer no Brasil aumentaram em 31%. É a segunda causa de mortes no país, depois das doenças cardiovasculares.

Um diagnóstico precoce pode salvar vidas e a data de hoje visa lembrar a população sobre este, e outros fatos, sobre o câncer.

Por exemplo, é importante saber como prevenir a doença que, embora não tenha ainda suas causas completamente desvendadas (predisposição genética, estilo de vida, etc) sabe-se que existem fatores de risco ligados à praticamente todos os tipos de câncer. Fumar é um deles, e o câncer de pulmão, traqueia e brônquios (tumores no sistema respiratório) é o maior responsável pelas mortes por câncer no Brasil, seguido pelos cânceres de cólon e de mama.

Não apenas no Brasil o câncer vem aumentando e matando. Também no mundo inteiro esta doença é a segunda causa de mortes. Estima-se que uma a cada 6 pessoas morrem de câncer no mundo.
Disparidades entre ricos e pobres

O câncer afeta a todos, sem distinção social, mas os pobres, tendo menor acesso a sistemas de saúde eficientes, que sejam capazes de diagnosticar precocemente a doença, acabam tendo maiores dificuldades de cura.

Um dos fatores mais importantes na cura é justamente o diagnóstico precoce que detecte a doença em estágios iniciais mas, a realidade em muitos países é que as pessoas procuram pelos médicos ao sentirem os sintomas nos estágios mais avançados da doença.

Existem tumores que são tão silenciosos quanto fatais, portanto é importante visitar regularmente o médico, fazer exames gerais com frequência e específicos no caso de haver casos de câncer na família.

Prevenir é fundamental

Embora o câncer em muitos casos não tenha cura, e embora suas causas ainda não sejam totalmente conhecidas, sabe-se por outro lado que existe o fator genético e que um diagnóstico precoce faz muita diferença, portanto, o câncer de hoje não precisa ser a doença mortal do passado.

Um tratamento em estágios avançados da doença, além de causar tanto sofrimento ao paciente, onera demais o Estado então porque não investir tanto, pesadamente, na prevenção?

A OMS aconselha aos governos dos países pobres principalmente, a priorizarem serviços eficientes e de baixo custo, ou seja, na prevenção, incrementando os serviços de diagnóstico, treinando os profissionais de saúde para melhorarem suas capacidades de diagnosticarem um câncer, além de fazer campanhas para a população saber reconhecer sintomas inicias da doença.
Como prevenir o câncer

Como dissemos acima, todos deveriam fazer consultas regularmente e especialmente se tiverem casos de câncer na família. Não precisa ser paranoico, hipocondríaco nem nada. Qualquer doença se cura melhor e mais rapidamente em seu começo. Basta pensar que, cuidar da saúde deve ser um hábito de cuidado consigo próprio como quem vai ao manicure fazer as unhas ou ao cabeleireiro para cortar os cabelos de vez em quando. Sabendo da importância do diagnóstico precoce pense que, pelo menos uma vez por ano, ou conforme recomendação médica, fazer um simples exame geral de sangue não faz mal a ninguém.

Um estilo de vida saudável também ajuda muito! E viver bem não é só comer bem, é dormir bem e se estressar pouco, ter amigos se ser feliz.

As dicas abaixo são do INCA, o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva, e ficam como lembrete para esta data de hoje, o Dia Nacional de Combate ao Câncer. Vamos compartilhar?

  1. ZERO cigarro

    4.700 substâncias tóxicas e cancerígenas são liberadas com o tabagismo. Pior é que quem fuma prejudica pobres inocentes com o fumo passivo poluindo o ar que todos nós respiramos. Fumar realmente é a primeira regra contra o câncer e a favor da saúde geral.

  2. 2. Alimentação

    Comer bem é a segunda regra de prevenção ao câncer que o INCA coloca, falando da alimentação saudável, equilibrada e variada. Lembramos que a comida industrializada (pronta, de supermercado) nos expõem à substâncias químicas prejudiciais (conservantes, corantes, aromatizantes). Cozinhe sempre, ou o mais que puder, em casa, usando ingredientes frescos, regionais e da estação.
  3. 3. Movimente-se

    Qualquer atividade física está valendo. E se você diz não ter tempo nem dinheiro, lembre-se: caminhe, deixe o carro na garagem de vez em quando, troque o elevador pelas escadas, dance ainda que em casa, tenha um cachorro para levá-lo a passeio, tenha uma horta ou um jardim para cuidar.
  4. 4. Menos álcool

    Embora muitas pesquisas aleguem benefícios em algumas espécies de bebidas alcoólicas, para o INCA qualquer quantidade de álcool contribui para o risco de desenvolver câncer, principalmente se quem bebe, também fuma.
  5. 5. Sol, só na hora certa

    Evite a exposição solar entre 10h e 16h. O câncer de pele é um dos mais recorrentes no Brasil.
  6. 6. Prevenção

    Por último, repetindo sobre a importância da prevenção, e também especificando algumas indicações do INCA:

    A amamentação protege as mães contra o câncer de mama;
    Mulheres entre 25 e 64 anos devem fazer um exame preventivo ginecológico a cada três anos;
    Meninas entre 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos, segundo o Ministério da Saúde, devem ser vacinados contra o HPV (consulte o ginecologista pois a vacina não protege contra os subtipos do HPV).

Fonte: Oncoguia